House & Garden de Ryue Nishizawa faz da casa um jardim vertical

O projeto da casa House & Garden, criado pelo arquiteto japonês Ryue Nishizawa, conseguiu a proeza de trazer um jardim para cada espaço dessa estreita construção, de 13 metros de largura e quatro andares, espremida no centro comercial da cidade de Tóquio.

A casa, com paredes de vidro, foi feita a partir de uma série de lajes estruturais de concreto empilhadas. Para complementar a decoração, garantir privacidade e filtrar a luminosidade, cortinas foram instaladas. Mas, o grande diferencial do espaço é a presença de vasos de plantas em todos os cômodos. O verde também é visto nas generosas varandas e terraços causando a impressão de um comprido jardim vertical.

House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa

House & Garden de Ryue Nishizawa


Compartilhe:

IAB/RJ promove concurso arquitetônico para as Olimpíadas de 2016

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

Nos próximos anos, as atenções do mundo estarão voltadas para o Rio de Janeiro, a anfitriã dos Jogos Olimpíacos de 2016. E você pode ter a chance de participar de um momento histórico dessa festa projetando um espaço que vai marcar a volta do golfe aos Jogos, depois de mais de um século de ausência.

A filial carioca do Instituto de Arquitetos do Brasil está promovendo um concurso nacional para definir a sede do campo olímpico de golfe. Os participantes devem ter até 15 anos de formados e vão enfrentar o desafio de projetar um complexo com área social, restaurante, bar, vestiários, loja, estrutura de administração, varanda com vista sobre o campo e espaço destinado a eventos.

Depois do evento esportivo, o espaço será utilizado pela população como uma academia para o ensino e a prática do esporte, e também receberá as entidades de golfe brasileira e carioca.

Outro detalhe ao qual os arquitetos devem prestar atenção é a vegetação do campo, que deve ser nativa e integrada à Área de Proteção Ambiental do Parque Municipal Ecológico de Marapendi, na Barra da Tijuca.

As inscrições estão abertas e vão até o dia 12 de setembro. Para baixar o edital e se inscrever, clique aqui.

Compartilhe:

IAB/SP promove curso de gerenciamento de obras

Conhecimento nunca é demais, e o IAB/SP está promovendo um curso que vai fazer a diferença para estudantes de arquitetura e engenharia à procura de um estágio ou mesmo para profissionais que querem aprofundar seus conhecimentos.

Durante dois dias, o Prof. Dr. Arq. Walter Maffei dará aulas sobre gerenciamento de obras, onde ensinará aos alunos os procedimentos necessários para garantir que uma obra seja executada com segurança, dentro do orçamento e do prazo exigidos.

O curso tem duração de 12 horas e é dividido em três fases: Planejamento e Orçamento da Obra para Licitação; Programação da Obra após a Contratação e Preparação dos Instrumentos; e Operação e Controle da Obra Durante sua Execução.

Serviço

Curso de Gerenciamento de Obras do IAB/SP

Data: 24 e 25 de agosto de 2012

Local: Sede do IAB/SP – Rua Bento Freitas, 306, 4º andar – São Paulo

Horário: dia 24, das 19h às 23; 25, das 9h às 13 e das 14h às 18h

Preço: R$ 490; R$ 390 para associados

www.iabsp.org.br/cursos.asp

Compartilhe:

As melhores cidades do mundo para se viver

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

1° Lugar Hong Kong, China

Todo ano, a revista The Economist divulga o ranking das melhores cidades do mundo para se morar. E, nesse ano, o resultado foi surpreendente: destinos tradicionais como Nova York e Paris ficaram fora do pódio e o primeiro lugar foi para Hong Kong.

2° Lugar Amsterdã, Holanda

Essa mudança aconteceu porque a publicação resolveu inovar sua metodologia. Tradicionalmente, ela elege as cidades levando em conta sua estabilidade econômica, educação, saúde, cultura, desenvolvimento e infraestrutura. Para 2012, ela abriu um concurso para criar um novo ranking, e quem venceu foi o arquiteto e urbanista Filippo Lovato, que pôde adicionar sete novas categorias.

3° Lugar Osaka, Japão

Dessa forma, 70 cidades passaram a ser avaliadas também por suas áreas verdes; poluição; isolamento, que considera a existência de outros centros urbanos nas proximidades positiva; conectividade; expansão, que privilegia cidade compactas pela facilidade de locomoção; bens naturais; e bens culturais, que dá pontos a locais próximos a Patrimônios da Humanidade.

4° Lugar Paris, França

A cidade de Hong Kong ganhou a medalha de ouro por ser densa e compacta, o que faz com que ela tenha muita mão de obra e seja de fácil locomoção. Além disso, ela surpreendeu pelo número de áreas verdes e proximidade de bens culturais. Os meios de transporte público são outra vantagem. Lá, os moradores podem escolher andar de ônibus, ferry-boat, metrô, táxi, transvia ou trens.

5° Lugar Sidney, Austrália

Em seguida vem Amsterdã, conhecida pelo uso intenso de bicicletas e qualidade de vida de seus moradores, e a japonesa Osaka, cujo grande trunfo é a pureza do ar. O top dez também inclui, em ordem de pontuação, Paris, Sidney, Estocolmo, Berlim, Toronto, Munique e Tóquio.

6° Lugar Estocolmo, Suécia

A América Latina participou com oito cidades, sendo duas brasileiras. Buenos Aires lidera a lista na 26ª posição, dez acima de São Paulo, que surpreendentemente está a frente do Rio, o 42º colocado.

7° Lugar Berlim, Alemanha

8° Lugar Toronto, Canadá

9° Lugar Munique, Alemanha

10° Lugar Tóquio, Japão

Compartilhe:

Portal internacional revela projeto de Isay Weinfeld em São Paulo

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

Há algum tempo, um terreno de quase 5 mil metros quadrados no Jardim Europa, bairro nobre de São Paulo, foi comprado por um grande empresário paulistano, que ergueu muros altos e fez da construção de sua casa um segredo.

Agora, o mistério acabou. O site Contemporist, um dos mais consagrados do mundo sobre arquitetura contemporânea, postou as fotos do casarão projetado pelo premiadíssimo Isay Weinfeld.

O arquiteto criou uma mansão retangular, formada por 4 blocos integrados com design minimalista e espaços vasados por onde entra muita luz e pode-se apreciar o belo jardim.

A pedido do cliente, a casa possui diversas áreas de entretenimento, como sala de cinema, sauna e ambiente para as crianças, além de uma ampla academia e uma piscina olímpica.

Confira as fotos:

Compartilhe: