O décor retrô do Estúdio Gloria

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

A Vila Madalena, um dos bairros mais descolados de São Paulo, esconde um canto que é roteiro obrigatório para os amantes de móveis retrô. Em uma loja aconchegante fica o Estúdio Gloria com uma infinidade de peças vintage restauradas.

O Living Design esteve por lá e bateu um papo gostoso com a idealizadora do lugar, a fashion designer e designer de interiores Karina Vargas. Ela nos contou que o grande diferencial do seu trabalho é a restauração das peças por inteiro, respeitando a identidade de cada uma para que possam ser usadas novamente.

Karina disse que a ideia do negócio veio por acaso. Ela já era formada em moda quando surgiu a oportunidade de trabalhar com produção de cenários em um estúdio fotográfico. Desde aquela época, Karina já era apaixonada por móveis antigos e sempre arrumava um jeito de incluir uma peça vintage em suas produções. O gosto pela área foi aumentando e ela se tornou uma especialista muito requisitada por produtores de cinema e TV e até por grandes grifes para compor vitrines.

Ao mesmo tempo, ela já começava sua coleção de móveis restaurados dos anos 50, 60 e 70 em sua casa, que chegou a ter 300 peças no acervo. Para se desfazer de algumas delas, Karina organizou um bazar temporário que em dois meses liquidou todos os móveis. “Como eu vi que tinha público interessado naquilo e eu gostava de garimpar peças antigas e dar um toque meu nelas, sem mudar o design original, decidi fazer daquilo a minha profissão”.

Assim nasceu o Estúdio Gloria, onde Karina restaura as peças dando um visual mais contemporâneo a cada uma com tecidos que traz de suas viagens internacionais seguindo a cartela de cores da moda.

Segundo ela, as pessoas não se importam mais em ter este tipo de mobília na decoração porque querem aquilo que tenha um valor emocional. “A sua casa tem que ser bonita para você. O mundo está mais livre e não damos mais importância para as ditaduras”.

E o público que vai atrás de tudo isso é gente jovem e descolada, como publicitários e cineastas. Mas, segundo a designer, também é comum ver senhorinhas que se encantam com as peças. “Elas passam aqui em frente e ficam emocionadas ao ver os mesmos móveis que elas usavam quando se casaram. E isso é uma das coisas que mais me gratifica com a loja, ver a emoção no rosto das pessoas”.

Para quem não é de São Paulo e ficou interessado em comprar estas relíquias, o Estúdio Gloria tem um blog onde o catálogo de produtos é atualizado todos os dias.

Se ficar em dúvida do que levar pra casa, nesta visita escolhemos alguns objetos como sugestão de compra: tem um sofá dos anos 60 de dois lugares em veludo brocado por R$ 2.516; uma mesa de copa vermelha, dos anos 70, a R$ 2.259; um jogo de 6 cadeiras vermelhas para mesa de copa por R$ 1.612; banqueta de penteadeira Provençal em patchwork de tecidos nas cores rosa e roxo a R$ 710 e cadeirinhas escolares antigas, em várias cores, por R$ 260 cada.

Serviço

Estúdio Glória

Endereço: Rua Girassol, 654, Vila Madalena – São Paulo

Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 17h

Fone: 11 3097-9970

www.estudiogloria.com.br

twitter.com/estudiogloria

No quadro CepDesign visitamos  endereços descolados que estão fora dos circuitos tradicionais. Mostramos lojas e showrooms que tem um charme diferente e que, por não estarem no “mainstream”, nem sempre são conhecidos pelo grande público.

Compartilhe:

Ari Beraldin lança marca de roupas de cama

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

É com muita honra e orgulho que venho contar a seguinte novidade para vocês aqui na coluna: Ari Beraldin Jr. filho do saudoso Ari Beraldin, inaugurou recentemente sua flagship na Meca da decoração de luxo em São Paulo, a Alameda Gabriel Monteiro da Silva.

Para quem não sabe, o sobrenome Beraldin é praticamente sinônimo do que há de mais sofisticado em matéria de tecidos aqui no Brasil há mais de 30 anos. O pai de Ari foi o idealizador da tecelagem que durante muito tempo existiu na cidade de Gália, no interior de São Paulo, que dominava a produção dos panos de seda em todas as etapas: desde o cultivo do bicho-da-seda até a comercialização.

Com a morte precoce de seu pai, Ari Jr. assumiu o controle da fábrica, onde ao lado de sua formação acadêmica adquiriu muito conhecimento para, enfim, criar sua própria marca, focada em roupas de cama – mas com uma pegada bem diferente daquela que estamos acostumados a ver por aí.

“Procurando roupas de cama para a minha casa percebi que aqui no Brasil as marcas só copiam umas às outras. Eu busquei um diferencial, e apesar de também me inspirar em muita coisa do exterior, busquei referências na alfaiataria masculina”, explica o designer de tecidos, ressaltando que suas criações obedecem sempre ao seu gosto pessoal.

Ari também me explicou que, em média, a roupa de cama completa tem de três a quatro texturas diferentes, enquanto os da sua coleção têm sete. Sem os rococós e babados típicos, as peças de Beraldin tem chamado muito a atenção de arquitetos por não destoarem do ambiente onde estão, pelo contrário: elas acabam compondo um cenário harmônico.

A loja em São Paulo ainda tem uma curiosidade muito bacana: diversas camas em miniatura arrumadas como se fossem em tamanho normal, com o enxoval idêntico aos que estão à venda. E não são apenas os moradores da capital paulista que tem o privilégio de adquirir essas roupas de cama cheias de estilo. No Rio de Janeiro, elas estão à venda na rede Alfaias, e ainda existem mais 254 pontos de comercialização espalhados pelo país. “A ideia é aumentar esse número, instalar “corners” em outras lojas e até exportar”, disse Ari Beraldin Jr.

Na minha última visita por lá, selecionei itens para montar uma cama linda e aconchegante: o jogo de lençol 400 fios com ligamento de cetim tem vários tons de cinza, e sai por R$790. Se estiver frio, nada melhor do que colocar por cima uma manta (R$190), cobrir tudo com uma colcha (R$790) e espalhar várias almofadas, que custam entre R$99 e R$199. Por lá também se encontram produtos bacanas para presentear, como a nécessaire, cujo preço é R$55, e o roupão de algodão, que sai por R$ 390.

Confira abaixo algumas imagens da loja paulistana – e das peças, é claro:

Serviço

Ari Beraldin

Endereço: Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1326, Jardim. Paulistano – São Paulo

Horário de funcionamento: segunda a sanado, das 10h às 19h

Fone: 11 3459-6868

www.ariberaldin.com

Compartilhe:

Kartell inaugura primeira flagship no Rio de Janeiro

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

A Kartell, descolada marca italiana de design de móveis e objetos, está em quase todos os cantos do mundo. No Brasil, mais precisamente em São Paulo, ela já desembarcou há algum tempo, mas, hoje, quem ganha a sua própria flagship é o Rio de Janeiro.

Situada no charmoso bairro de Ipanema, a nova filial da loja mantém a linha de suas outras representantes: além da arquitetura assinada por Ferrucio Laviani, o mesmo que projetou outros 120 showrooms da Kartell em 96 países, ela também une os últimos lançamentos aos clássicos da grife, como a cobiçada cadeira Louis Ghost.

A marca registrada da empresa é abusar da versatilidade do plástico na fabricação de objetos para a decoração. Assim, as peças acabam ganhando um ar descontraído, mesmo sendo muito bem utilizadas em ambientes mais formais.

Outro ponto forte da grife está nos nomes que assinam seus produtos. Entre eles estão Philippe Starck, Ron Arad, Antonio Citterio, Patrícia Urquiola, Piero Lissone e Mario Belline. E é por esses e outros motivos que a Kartell se tornou uma das marcas de design mais badaladas do mundo.

Confira como ficou o espaço da Kartell no Rio de Janeiro:

Serviço

Kartell RJ

Endereço: Rua Joana Angélica, 183, Ipanema – Rio de Janeiro

Horário: de segunda à sexta-feira, das 10h às 20h; sábado, das 10h às 18h

Fone: 21 2513-5927

www.kartellrio.com.br

Compartilhe:

Chicô Gouvêa inaugura filial de sua loja no RJ*

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

“A casa é um espaço para abrigar momentos”. Esta frase do badalado arquiteto Chicô Gouvêa – profissional muito querido pelos cariocas – transformou-se no conceito que guia sua loja Olhar o Brasil.

Depois de quatro anos fazendo sucesso em Itaipava, na região serrana do Rio, a marca acaba de inaugurar um espaço em Ipanema, na zona sul da capital fluminense. A charmosa casa onde ela se instalou tem dois andares, e foi construída por volta dos anos 50, em estilo normando. Nos 130m², estão espalhadas as peças como se lá fosse uma verdadeira residência, e a paixão do arquiteto pela história do Brasil e do Rio de Janeiro fica evidente.

Cada ambiente tem uma cor. Foram escolhidos verde escuro para a entrada, azul marinho para a sala das porcelanas, laranja para a escada, terracota em um pequeno hall e chocolate para a sala do segundo andar. Todas elas abrigam poltronas, mesas, luminárias, painéis, almofadas, jogos americanos, baús e muitos outros itens.

Aliás, por falar nos objetos que estão à venda, é impossível deixar de notar a criatividade de Chicô para fazer uma releitura delas. Antigos bebedouros de passarinho viram porta-talheres de cozinha; uma antiga peça de centro cirúrgico torna-se uma luminária; latões de leite, usados em fazenda, se transformam em bancos; galões de óleo são cortados, pintados e usados como mesa. Há ainda imagens de Santo Antônio – o santo de devoção do arquiteto – pintadas em cores fortes (azul, verde, amarelo, roxo, laranja); e até almofadas bordadas por uma cooperativa.

Assim como já é tradição na loja de Itaipava, a Olhar o Brasil de Ipanema, vai promover eventos de arte brasileira coordenados por Chicô e Paulo Reis, seu sócio. Portanto, o espaço vai além das vendas e tem tudo para virar um ponto de encontro dos apaixonados por cultura em geral. Confira a seguir algumas fotos dos ambientes, e já vá se programando para conhecê-los pessoalmente:

Compartilhe:

Ipanema terá loja de móveis da Novo Ambiente*

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 
Para ouvir a matéria que foi ao ar no rádio, clique em play (acima)*

Renomada marca na comercialização de móveis para residência e escritórios, o grupo carioca Novo Ambiente inaugura neste mês de junho, em Ipanema, sua quarta loja. Eu conversei recentemente com os irmãos Paulo e Bruno Crosman, sócios da empresa, e eles me contaram que o novo showroom terá quatro andares e funcionará na Rua Redentor.

Entre as novidades da nova loja está a disponibilidade para pronta-entrega da recém-lançada linha SAYL Chairs, criada pelo designer Yves Béhar para a Herman Miller, badalada empresa americana de mobiliário corporativo. É numa das cadeiras desta coleção, diga-se de passagem, que a designer Marina, personagem vivida pela atriz Paola Oliveira na novela global “Insensato Coração”, aparece sentada em algumas cenas.

De acordo ainda com os irmãos, a unidade de Ipanema manterá o perfil multimarcas da Novo Ambiente, trabalhando com móveis Magis, Moooi e Vitra, entre os importados, e Zanine de Zanine, Nada Se Leva e Sergio Fahrer, entre nacionais

Veja abaixo uma pequena amostra do vai rolar no mais recente endereço desta loja que surgiu em 1980 e há muito tempo é apontada como uma referência em mobiliário contemporâneo.

Luminária Raimond Zafu

Tip Ton, da Vitra Home

Puffs Missoni

Cadeiras da Herman Miller

Sparkling Chair, da Magis

Mesa Chess Table

Compartilhe: