Herman Miller lança concurso cultural no Facebook

Concurso Cultural Herman Miller 2013

A marca Herman Miller, reconhecida por clássicos de mobiliário assinados por grandes mestres do design, como Charles e Ray Eames e Isamu Noguchi, lançou um Concurso Cultural Herman Miller em sua página no Facebook para estudantes, arquitetos e designers de todo país.

Para participar é necessário responder a pergunta: Como você vê o escritório do futuro no Brasil? As respostas deverão ser dadas com uma planta baixa, uma concepção artística ou um projeto, acompanhando por um texto defendendo a proposta.

Os critérios que o júri levará em conta são criatividade, inovação, design e sustentabilidade. Os vencedores nas duas categorias, profissionais e estudantes, levarão para casa as clássicas cadeiras da marca. As inscrições vão até o dia 3 de maio. Para participar acesse: www.facebook.com/HermanMillerBrasil.

Compartilhe:

Eames: o arquiteto e a pintora

De 23 a 26 de agosto, amantes de arquitetura e design terão a chance de assistir ao documentário “Eames: o arquiteto e a pintora”, que conta a história do casal Charles e Ray Eames, criadores de peças que viraram símbolo do design norte-americano, considerados os designers mais importantes dos Estados Unidos.

As sessões são gratuitas e serão exibidas às 14h e às 17h no showroom da ATEC Original em São Paulo, que fica na Avenida Faria Lima, 1800, 10º andar. A sala tem lotação de 60 pessoas e não é necessário fazer inscrição prévia.

Compartilhe:

Em São Paulo, Phillipe Starck diz que o design não tem futuro*

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 


A irreverência e o bom humor do badalado arquiteto e designer francês Philippe Starck marcaram a coletiva de imprensa de lançamento da cadeira Masters no Brasil. O evento aconteceu na loja da grife italiana Kartell em São Paulo.

Starck disse que o desenho final da Masters é uma mistura de três cadeiras icônicas do design moderno: a Série 7, de Arne Jacobsen; a Eiffel Chair, de Charles e Ray Eames; e a Tulip Armchair, de Eero Saarinen.

“Agora, vocês têm as três cadeiras mais famosas do mundo juntas numa única peça, porém mais confortável e mais barata que todas elas”, contou Starck, que no ano passado conquistou o respeitado prêmio “Good Design Award 2010”, concedido pelo Museu de Arquitetura e Design de Chicago, por conta desta sua criação.

A Masters já é um best-seller da Kartell, com 80 mil peças vendidas em todo o mundo. O designer fez questão de dizer que gosta de trabalhar com o plástico por ele ser barato e democrático. “Eu sou a favor do design para todos, com materiais de alta qualidade e que custem pouco para reduzir os custos”, afirmou ele, que também defendeu o uso do petróleo (matéria-prima do plástico) e criticou o processo de reciclagem praticado hoje em dia. Segundo ele, isto é uma enganação da indústria, que acaba gastando mais energia do que economizando.

Perguntado sobre como serão nossas casa no futuro, o designer levantou a bandeira do “menos é mais”. Para ele, a tendência é que tudo nas residências seja reduzido, dando lugar à tecnologia. “Menos móveis, menos objetos, menos tudo. Assim como os computadores, as casas devem perder a materialidade, mas ganhar inteligência”.

Ainda pregando esta diminuição material, Philippe Starck profetizou que o futuro do design é não ter futuro, já que, graças aos avanços da bioengenharia, as pessoas passarão a literalmente incorporar os produtos. “As pessoas terão computadores dentro de seus corpos, o que exclui a necessidade de os produtos terem um design arrojado, já que estarão escondidos”, acredita.

Confira a foto da Masters e das outras cadeiras que a influenciaram:

Cadeira Masters, de Philippe Starck

Cadeira Série 7, de Arne Jacobsen

Eiffel Chair, de Charles e Ray Eames

Tulip Armchair, de Eero Saarinen

Compartilhe: