Projeto Impressões by Laufen: venda de cubas destinada a caridade

Ouça abaixo a matéria que foi ao ar no rádio ou clique aqui para fazer o donwload:

 

A marca suíca do Grupo Roca, Laufen, convidou dez renomados arquitetos e designers brasileiros a criarem estampas para a Cuba Living City, inspirados no tema brasilidade. As 100 limitadas peças integrantes do projeto, chamado “Impressões by Laufen – O Brasil na Intimidade”, terão a venda revertida para instituições de caridade indicadas pelos próprios profissionais.

Quem assina as releituras das cubas da fabricante e nos mostra sua impressão sobre a cultura brasileira são: David Bastos, Diego Revollo, Fernanda Marques, Guto Requena, José Ricardo Basiches, Marcelo Rosenbaum, Mario Figueroa, Roberto Migotto, Ruy Othake e Zanini de Zanine.

O arquiteto baiano David Bastos buscou referências na azulejaria dos anos 60, na época presente na construção de Brasília. Já o também arquiteto Diego Revollo elegeu o amarelo como a cor de grande cumplicidade com o nosso país e a aplicou em sua obra.

Cuba de David Bastos

Cuba de David Bastos

Cuba de Diego Revollo

Cuba de Diego Revollo

Fernanda Marques refletiu sobre a aridez do solo trincado do Cerrado brasileiro e trouxe para sua peça diferentes nuances de traçado. E Guto Requena caminhou até uma típica e conhecida rua paulistana. “Quis fugir dos clichês ao misturar o digital e o analógico num passeio simbólico pela Santa Efigênia, endereço onde o Brasil inteiro procura equipamentos eletrônicos de todos os tipos”, conta.

Cuba de Fernanda Marques

Cuba de Fernanda Marques

Cuba de Guto Requena

Cuba de Guto Requena

Os traços marcantes da cuba do arquiteto José Ricardo Basiches remetem a partes da bandeira do Brasil. Já a estampa de Marcelo Rosenbaum, que constantemente se inspira em elementos nacinais para suas obras, estiliza as sementes indígenas de urucum.

Cuba de José Ricardo Basiches

Cuba de José Ricardo Basiches

Cuba de Marcelo Rosenbaum

Cuba de Marcelo Rosenbaum

Como para Mario Figueroa o Brasil é natureza, o arquiteto se inspirou nas obras de Burle Marx. “Uma peça como a cuba Laufen, que combina precisão e certa organicidade, merece estar no melhor lugar, que para mim é um jardim. Daí a evocação de Burle Marx em seu projeto para os jardins do Ministério da Educação, Rio de Janeiro”, explica. Roberto Migotto também estilizou elementos da bandeira nacional em uma estampa geométrica.

Cuba de Mario Figueroa

Cuba de Mario Figueroa

Cuba de Roberto Migotto

Cuba de Roberto Migotto

Ruy Othake propôs uma saudação aos usuários com o sol e a lua.  “Decidi colocar em seu plano horizontal um cumprimento diário às pessoas. Desde o bom dia até o desejo de bons sonhos”, conta. E Zanini de Zanine percorreu suas memórias afetivas, retratando em seu projeto as construções de taipa que visitava com o pai e grande arquiteto José de Zanine.

Cuba de Ruy Othake

Cuba de Ruy Othake

Cuba de Zanini de Zanine

Cuba de Zanini de Zanine

 

Compartilhe:

Living Square é o lançamento em louças e móveis da Laufen

Novidade da marca Laufen, do Grupo Roca, a coleção Living Square traz desenhos retos e contornos definidos. A linha, criada pelo designer alemão Andreas Dimitriadis e desenvolvida com tecnologia suíça, conta com lavatório simples e duplo e prateleira de louça em duas dimensões, além de gabinete e lavabos.

As peças são práticas de serem instaladas e tem um sistema de fixação simples, que não precisa de mão francesa e nem de ser embutido. Confira esse novo modelo da Laufen:

LAUFEN - Linha Living Square
Linha Living Square – lavatório suspenso com prateleira de cerâmica
LAUFEN - Linha Living Square
Palomba Collection – Banheira freestanding
Palomba Collection - Banheira e lavatório freestanding

Palomba Collection - Banheira e lavatório freestanding

Compartilhe:

Roca lança coleção de cubas Mariscal Olympic

Um dos lançamentos do grupo espanhol Roca durante a Expo Revistir foi a coleção de cubas Mariscal Olympic que celebra dois grandes eventos esportivos que serão realizados no Brasil, a Copa do Mundo de Futebol e as Olimpíadas Rio 2016.

Os modelos Diverta, Hall e Bol, que já eram sucessos mundiais, agora receberam ilustrações, do designer espanhol Javier Mariscale, inspiradas em quatro esportes: tênis, futebol, natação e corrida. As peças estão disponíveis na cor branca, com desenhos em preto. Confira esses divertidos modelos:

Cubas Mariscal Olympic by Roca

Cuba Corrida by Roca

Cuba Futebol by Roca

Cuba Natação by Roca

Cuba Tênis by Roca

Compartilhe:

Concurso Roca Top Projets é prorrogado até 23 de fevereiro

Como já noticiado pelo Living Design a Roca está, mais uma vez, realizando o Concurso Roca Top Projets premiando os melhores projetos de banheiros. A novidade é que o prazo para concorrer foi prorrogado até o dia 23 de fevereiro.

Podem participar designers e engenheiros que tenham desenvolvido ambientes com itens da marca. O primeiro lugar ganhará uma viagem à Londres, o segundo lugar fatura um Mac Book Pro e o terceiro leva um Ipad 3. Para se inscrever, acesse o site www.rocatopprofessional.com.br.

Compartilhe:

Nova fábrica da Roca, em Minas Gerais, é a mais moderna do grupo

[podcast]http://www.livingdesign.net.br/wp-content/uploads/2012/10/2146.mp3[/podcast]

No começo de outubro, o Living Design acompanhou a inauguração da nova fábrica da Roca em Santa Luzia, Minas Gerais, que recebeu um investimento de R$ 93 milhões e deve gerar 150 postos de trabalho na cidade.

Tamanho investimento se deve pela importância estratégica do país, que se tornou o maior mercado da Roca em 2011. “O Brasil tem experimentando, recentemente, boa taxa de crescimento no setor de construções, possui notadamente um bom ambiente político e social e será sede dos principais eventos esportivos, o que seguramente trará ainda mais investimentos em estrutura e construção para os próximos anos”, afirma Joan Jordà, presidente do Grupo Roca no Brasil.

Toda automatizada, a nova planta tem capacidade de 4,2 milhões de peças e deve aumentar em 15% a capacidade de produção do grupo empresarial no Brasil, utilizando a mesma quantidade de água de uma fábrica convencional. Ela ainda possui um sistema que promete reaproveitar 100% dos recursos, economizando energia e diminuindo o impacto ambiental do processo produtivo.

Compartilhe: