Food and the city

Existem dois elementos que associamos imediatamente a cidades e países que conhecemos – ou desejamos conhecer: arquitetura e comida. Certo? Foi o que pensaram a ilustradora Bea Crespo e o fotógrafo Andrea Portolés ao criarem a “Brunch City”. Trata-se de uma série de imagens criadas em conjunto pela dupla, que mescla delicadas ilustrações com pratos que costumamos consumir como um lanche no final da manhã ou da tarde.

Em Paris, nada como um croissant quentinho, então, montaram sobre ele monumentos que representam a Cidade-Luz. O pão com tomate catalão foi cenário para a igreja Sagrada Família e outros monumentos de Barcelona e o Coliseu romano está apoiado sobre um sorvete. Porque, afinal, somos o que comemos, não é mesmo?

Atenas

Atenas

Barcelona

Barcelona

Beijing

Beijing

Berlim

Berlim

Bruxelas

Bruxelas

Dublin

Dublin

Londres

Londres

Marrakesh

Marrakesh

Paris

Paris

Roma

Roma

Tóquio

Tóquio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:


Jean Paul Gaultier em mostra

Campanha publicitária da coleção Frida Kahlo, prêt-à-porter primavera-verão 1998, que estará na mostra

Campanha publicitária da coleção Frida Kahlo, prêt-à-porter primavera-verão 1998, que estará na mostra

O único temor do estilista francês Jean Paul Gaultier sempre foi cair no tédio. O estilista nunca teve medo de ousar e, para suas coleções de moda, já se inspirou no cancã francês, na pintora mexicana Frida Kahlo e até na Virgem Maria. Além de criar o célebre sutiã cônico de Madonna e de ter retomado o esquecido – e prático –estilo navy que Coco Chanel imortalizou, suas contribuições à moda são muitas. Tanto que Nathalie Bondil, diretora do Museu de Belas Artes de Montréal, o escolheu como homenageado de uma mostra grandiosa, que aconteceu há cerca de dez anos na cidade canadense.

Obra de Pierre et Gilles para a mostra De la rue aux étoiles

Obra de Pierre et Gilles para a mostra De la rue aux étoiles

O projeto já viajou por Londres, Nova York, Dallas e Estocolmo e agora, intitulado “La planète mode de Jean Paul Gaultier, de la rue aux étoiles” (O planeta moda de Jean Paul Gaultier, da rua às estrelas), chega a Paris, a partir de primeiro de abril.

Retrato de Jean Paul Gaultier, por Stephane Sadnaoui, de 2014

Retrato de Jean Paul Gaultier, por Stephane Sadnaoui, de 2014

A exposição apresenta peças inéditas do criador para as linhas Alta Costura e prêt-à-porter, criadas entre 1970 e 2013. Elas são acompanhadas de croquis, arquivos, figurinos e extratos de filmes, de desfiles e de videoclipes. Um dos pontos altos da exibição é o cenário de manequins animados graças a uma tecnologia inovadora, que os faz parecer modelos de verdade.

Vestidos da Alta Costura primavera-verão 2002, que estarão na mostra

Vestidos da Alta Costura primavera-verão 2002, que estarão na mostra

Uma das patrocinadoras de “Planeta Moda” é a grife de móveis Roche Bobois, para quem Gaultier já desenhou diferentes móveis, de cadeiras a sofás, passando por delicadas cômodas. “Vestir o mobiliário da Roche Bobois foi uma aventura emocionante que me permitiu investir em novos territórios criativos. Os móveis têm a vantagem de não se queixar se os tocamos com uma agulha”, brincou.

Móveis que Jean Paul Gaultier desenhou para a Roche Bobois

Móveis que Jean Paul Gaultier desenhou para a Roche Bobois

Serviço:

Mostra “La planète mode de Jean Paul Gaultier, de la rue aux étoiles”

Local: Grand Palais – 3, avenue du Général Eisenhower – Paris

Data: De 01 de abril a 03 de agosto de 2015

Horário: Aos domingos e segundas, das 10h às 20h. De quarta a sábado, das 10h às 22h

grandpalais.fr

Compartilhe:


Curso “Ensaios da História da Arte”

Cartaz de divulgação do curso

A Panamericana Escola de Arte e Design, em São Paulo, acaba de apresentar seu novo curso de especialização, com duração de 96 horas. Trata-se de “Ensaios da História da Arte”, que tem o objetivo de propor exercícios de interpretação da história da arte ocidental, com aulas expositivas, atividades de leitura e visitas a exposições na cidade. A ideia é estimular nos alunos a capacidade de interpretar conteúdos artísticos, relacionando-os aos seus contextos históricos.

Este curso é voltado não apenas para os profissionais envolvidos no mercado das artes plásticas, mas também para fotógrafos, designers, artistas e demais interessados em adquirir novos conhecimentos em história da arte.

Quem se inscreverem até o dia 30 de janeiro estarão isentos do pagamento da taxa de matrícula e os alunos diplomados nos cursos de formação da Panamericana terão descontos especiais. As aulas começam a partir de março de 2015.

Serviço:

Curso de Especialização “Ensaios da História da Arte”

Local: Panamericana Escola de Arte e Design - Av. Angélica, 1900, São Paulo

Data: Início em 9 de março de 2015

Horário: Segundas e quartas, das 19h30 às 22h30

Fone: 11 3887-4200

escola-panamericana.com.br

Compartilhe:


Palestina em exposição

Há mais de 50 anos a questão dos refugiados palestinos preocupa o planeta. Tanto, que a Organização das Nações Unidas (ONU) chegou a criar um órgão especializado no assunto, a Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) e reuniu um acervo de registros composto por 430 mil negativos, 10 mil fotografias, 85

Uma longa jornada

mil slides, 75 filmes e 730 fitas de videocassete. Em 2009, esse acervo foi todo digitalizado e incluído no Programa Memória do Mundo.

Um material tão emocionante só poderia mesmo dar origem à comovente mostra “Uma Longa Jornada”. Organizada pela primeira vez em 2013 na cidade de Jerusalém, ela já passou por Amã, Dubai, Gaza, Roma, Turim, Nova York, Jacarta e Marrakesh. Agora que o Brasil passou a integrar a Comissão Consultiva da agência da ONU, a exibição chega a São Paulo.

render01

Por aqui, o conceito de sua montagem foi desenvolvido pelo arquiteto e designer Marko Brajovic. Ele reuniu 40 fotos e cinco curtas-metragens que contam a história da prolongada crise destes refugiados, um dos mais longos casos de migração forçada da história moderna.

Serviço:

Exposição “Uma Longa Jornada”

Local: Praça da Biblioteca do Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000, São Paulo

Data: Até 15 de março de 2015

Horário: De terça a sexta-feira, das 10h às 20h. Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Fone: 11 98034-7233

unrwa.org.br

Compartilhe:


Design, poesia e o minhocão

Minhocao-livro final.indd

A importante discussão sobre o que fazer com o Elevado Presidente Costa e Silva, apelidado carinhosamente pelos paulistanos de Minhocão, tem tido cada vez mais desdobramentos. Um deles é o belo livro “Um Viaduto Chamado Minhocão”. Com textos e poesias de Gil Veloso e desenhos incompletos e abertos para cada leitor colorir e interferir e, ao final, ter sua própria edição, inteiramente personalizada.

Minhocao-livro final.indd

Quem faz este convite à participação popular em tão relevante causa urbana é o artista Paulo von Poser, que busca promover este desenho coletivo para inspirar as pessoas a agirem a favor de uma cidade mais sustentável e humanizada. Com traços e cores, Paulo gostaria que os cidadãos imaginem como querem encontrar São Paulo no futuro.

Minhocao-livro final.indd

Os leitores são convidados a participar de uma galeria virtual no site do artista, enviando e compartilhando seus desenhos coloridos. “Faça sua parte. Descubra e compartilhe com seus amigos e crianças, seus filhos, vizinhos e parentes. Desenhe junto com eles… Divirta-se! Nossa cidade precisa e merece seu afeto colorido”, diz.

Serviço:

Livro “Um Viaduto Chamado Minhocão”, de Paulo von Poser e Gil Veloso

Editora: Dedo de Prosa

56 páginas

Compartilhe: