Um restaurante de ossos

Um edifício modernista dos anos 40 em Lafayette, bairro-design de Guadalajara, México, foi o endereço escolhido por Alfonso Cadena para seu novo restaurante. Parte da quarta geração de uma família de chefs de cozinha francesa, o chef tem uma cozinha que mescla a tradição que herdou do pai a uma inspiração oriental e com toques mexicanos.

Para interpretar o inovador conceito proposto por Alfonso, os arquitetos do Cadena+Asociados não pouparam esforços. Isto porque o nome escolhido pelo chef, “Huesos”, significa ossos em espanhol. Os arquitetos, então, começaram o projeto criando um exterior coberto de azulejos de cerâmica artesanais, feitos à mão, que fazem lembrar pespontos e costuras.

A parte interna é orgânica e cheia de texturas por uma razão, no mínimo, muito inovadora: as paredes receberam mais de 10.000 ossos de animais – e ferramentas de cozinha – aplicados em blocos de madeira. Quem cuidou dessa composição foi um grupo de artistas de rua. A paleta off-white, a cozinha aberta para o salão e o bar, que separa os chefs da mesa principal, completam o impressionante cenário.

Hueso 1

Hueso 2

Hueso 3

Hueso 4

Hueso 5

Hueso 6

Hueso 7

Hueso 8

Hueso 9

Hueso 10

*Fotos: Jaime Navarro

Compartilhe:


Orgulho de ser italiano

Se tem uma coisa da qual os italianos se orgulham, esta é o design. Pensando bem, a moda, a gastronomia, o estilo… o made in Italy de um modo geral. Pois o estúdio UdA Architetti apresentou recentemente um projeto em que deixa este orgulho bem evidente: grande parte das peças são de grifes locais.

Sofá Candy da Arflex, poltronas 400 de Alvar Aalto para Artek, tapete Losanges III da Nanimarquina, lâmpada Potence da Vitra e cadeira de balanço da Le

Sofá Candy da Arflex, poltronas 400 de Alvar Aalto para Artek, tapete Losanges III da Nanimarquina, lâmpada Potence da Vitra e cadeira de balanço da Le

Um apartamento de 200 m² na parte antiga de Bari, no sul da Itália, ganhou uma sofisticação quase blasé, que não ostenta e até diverte. Com uma estética que mescla referências old-school (como os italianos amam) a uma modernidade minimalista. Cores, estampas, trabalhos artesanais são combinados a volumes clean e formas simples e o resultado é incrivelmente complementar.

Sala de jantar - mesa Container da Moooi, cadeiras Normal SP de Jean Prouvé para Vitra, lâmpadas Ray de Llot Llov, peça de cerâmica da Capodimonte

Sala de jantar – mesa Container da Moooi, cadeiras Normal SP de Jean Prouvé para Vitra, lâmpadas Ray de Llot Llov, peça de cerâmica da Capodimonte

Mesclar referências aparentemente opostas, por sinal, é o ponto forte do estúdio UdA, que busca sempre o inesperado, mas sem exagerar. “Neste processo destacamos as várias camadas de nossas experiências pessoais, que coincidem com os espaços em que vivemos, através do uso materiais e formas, como madeira, terracota, linho bordado ou estampado e crochê”. E para cumprir este objetivo, nada melhor que empregar no décor marcas locais, que contem esta história.

Estante da Montana, esculturas Arlequim e Colombina de Aldo Ciolli, coluna de cerâmica da Vietri, portas de correr de A.Marcante e A.Testa

Estante da Montana, esculturas Arlequim e Colombina de Aldo Ciolli, coluna de cerâmica da Vietri, portas de correr de A.Marcante e A.Testa

Entrada - detalhe

Entrada – detalhe

Detalhes do quarto principal

Detalhes do quarto principal

Móveis da Marcante–Testa, lâmpadas da Lampe Gras e da Finnsdottir, louça sanitária da Agape, Antonio Lupi e Galassia, espelhos da Hay & Ferm Living

Móveis da Marcante–Testa, lâmpadas da Lampe Gras e da Finnsdottir, louça sanitária da Agape, Antonio Lupi e Galassia, espelhos da Hay & Ferm Living

Banheiro - detalhe

Banheiro – detalhe

Cozinha - pia, bancada e armários desenhados por Marcante-Testa para Materiadesign, louças da Miniforms, lâmpadas Applique de Marseille de Le Corbusier

Cozinha – pia, bancada e armários desenhados por Marcante-Testa para Materiadesign, louças da Miniforms, lâmpadas Applique de Marseille de Le Corbusier

A planta do apartamento

A planta do apartamento

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:


A luxuosa coleção de metais Axor, por Antonio Citterio

O arquiteto italiano Antonio Citterio sempre teve um olhar elegante. Tanto, que com apenas 22 anos abriu seu próprio estúdio, antes mesmo de ter se formado. Da arquitetura para o design foi um pulo e ele já colaborou com importantes marcas, como a Vitra e a B&B para móveis, a Bulgari para seu hotel, a Flos para iluminação e a Axor para banheiros. Agora ele repete a parceria com a marca alemã pela segunda vez, na coleção Citterio E, que reflete a ideia que este profissional tem dos banheiros: ele os vê como ambientes para relaxar.

Antonio Citterio para Axor 1

Na linha de 37 peças, com formas suaves e linhas clean, seu estilo urban chic fica claro. Explorando o lado intuitivo do consumidor, ele elimina confusões em relação ao funcionamento de torneiras e duchas e se atém à praticidade. Porém, com beleza, é claro. As matérias-primas escolhidas envolvem metal cromado e vidros branco e espelhado, por exemplo. Pura elegância.

Antonio Citterio para Axor 2

Quando projetou o hotel para Bulgari, Citterio pensou em chuveiros que não causassem aquele momento de estranhamento, quando você está em um novo banheiro e precisa descobrir como tudo funciona. E este conhecimento, trouxe para a nova linha da Axor.

Antonio Citterio para Axor 8

O resultado engloba o controle de volume de água e temperatura das pias, banheiras e misturadores de chuveiros. A tecnologia de termostato que empregou aqui envolve botões que controlam separadamente a temperatura de chuveiros de mão, laterais e tradicionais. “Essa minha recente colaboração com a Axor é a essência do luxo: produtos fáceis de usar e com um toque agradável”, explicou o arquiteto durante o lançamento no showroom milanês da marca. “E os acessórios que desenhei são fundamentais para o décor do banheiro. Busco sempre criar produtos que sejam funcionais e esteticamente agradáveis”, resume. As peças começarão a ser vendidas em novembro.

Antonio Citterio para Axor 3

Antonio Citterio para Axor 4

Antonio Citterio para Axor 5

Antonio Citterio para Axor 6

Antonio Citterio para Axor 7

Compartilhe:


Uma casa rústica & chic

Uma edição recente da revista espanhola “Nuevo Estilo” trouxe fotos deste chalé e a gente, aqui do Living Design amou seu décor! O projeto do estúdio catalão Kotablue exala conforto e uma elegância rústica, conquistada graças ao bom uso dos materiais. Muita madeira bruta e pedra compõem a base do design de interiores. O contraste fica por conta das poltronas em tecido xadrez com os sofás e namoradeiras em couro e as mesas e cadeiras dos anos 50.

Um conjunto que a princípio não se colocaria em um mesmo ambiente, mas que fica charmoso justamente por causa de matérias-primas que conversam entre si. As cortinas púrpura dão um toque colorido ao ambiente que poderia passar por sóbrio (ou básico, graças às paredes e teto 100% brancos), se não fosse tão carregado de personalidade.

Casa rústica 1

Casa rústica 3

Casa rústica 2

Casa rústica 4

Casa rústica 5

Casa rústica 6

Casa rústica 7

Casa rústica 8

Casa rústica 9

Casa rústica 10

Casa rústica 11

Casa rústica 12

Casa rústica 13

Compartilhe:


Exclusividade no piso de casa

Criada há nove anos pelo iraniano Navid Rasolifard, a marca Tabriz Collection começa a escrever um capítulo inédito de sua história: ela acaba de lançar uma linha em parceria com o estilista Alexandre Herchcovitch. A coleção traz tapetes de fabricação nacional feitos com técnicas e materiais variados, como nylon e estamparia digital, todos com o design icônico do estilista brasileiro e a tradição iraniana de fabricação de tapetes.  “Estamos orgulhosos do nosso trabalho com Herchcovitch. Seu indiscutível talento acrescentou frescor e versatilidade ao nosso produto”, ressalta o diretor da Tabriz Collection, Navid Rasolifard.

Confira abaixo as novas peças com esse perfume fashion:

Illusion

FOTO 1 - Herchcovitch;Alexandre para Tabriz -  Illusion 2

FOTO 2 - Herchcovitch;Alexandre para Tabriz -  Illusion

O mais inovador de toda a coleção. Este tapete de nylon Antron (antialérgico, antiestático e antichamas) emprega um estudo de linhas e cores para criar um efeito ótico: a combinação de cores varia dependendo do ângulo em que se observa a peça. Nas cores cinza, preto e vermelho, ele é feito sob medida e tem espessura de 17 milímetros.

DNA

FOTO 3  -Herchcovitch;Alexandre para Tabriz -  DNA

Também em nylon, traz uma mescla de cores com efeito rajado e com desenho da clássica caveira da marca Herchcovitch;Alexandre esculpida em três diferentes formas. Com espessura de 14 milímetros, em alta densidade e está disponível nas cores cinza mescla, terra mescla, floresta mescla, mar mescla e sangue mescla.

Brasões

FOTO 4 - Herchcovitch;Alexandre para Tabriz - Brasão com estampa digital

Inspirada em brasões medievais, essa coleção de estamparia digital em camurça traz quatro diferentes desenhos, com elementos que remetem ao estilo e à história da grife de moda, porém transformados em brasões.

Capitonê 

FOTO 5 - Herchcovitch;Alexandre para Tabriz - Capitonê

Tapete de geometria esculpida com desenho de capitonê. Por enquanto disponível na cor metálica, ele pode ser produzido sob medida, em nylon e tem espessura de 14 milímetros.

Trompe L’oeil 

FOTO 6 - Herchcovitch;Alexandre para Tabriz - Trompe l'oeil

Seus desenhos geométricos são inspirados nos pisos de tacos antigos, que têm um efeito especial de profundidade e movimento. Com espessura de 10 milímetros, é produzido em nylon e está disponível nos tons de floresta e mar, combinando tons de verde militar e azul.

Serviço:

Tabriz Collection

Local: Av. Brasil, 2.065 – São Paulo

Fone: 11 2389-9140

tabriz.com.br

Compartilhe: