Um criativo jornal repelente

Culturalmente, os habitantes do Sri Lanka têm o hábito de ler jornais pela manhã e ao entardecer, horários em que os mosquitos da dengue mais atacam.

O assunto é sério por lá: a epidemia atingiu 30.000 pessoas no país só no ano passado. O que parecia ser apenas dois fatores aparentemente desconexos mostrou-se uma bela oportunidade para o jornal Mawbima.

A publicação de circulação nacional teve uma ideia no mínimo criativa para marcar a semana nacional de combate à dengue: combinar essência de citronela à tinta do jornal para afastar os mosquitos.

A iniciativa começou com cartazes publicitários aplicados em pontos de ônibus. Eles traziam o logotipo do Mawbima impresso nesta tinta especial e tiveram efeito repelente para quem aguardava seu transporte diário.

Passou, então, por palestras educativas nas escolas, por artigos falando sobre os perigos da doença e terminou com a edição de um dia inteiramente impressa com esta tinta especial. O resultado?

Além de divulgar um assunto tão importante de forma inédita, o jornal já havia se esgotado nas bancas às dez horas da manhã e ainda conquistou 300.000 novos leitores.

Abaixo você confere um vídeo com mais detalhes sobre esta campanha:

2

3

Foto 1

 

Compartilhe:


Designer chinês une duas culturas importantíssimas na hora de comer

Graduado pela Universidade de Kingston, o designer chinês Wen Jing Lai propôs em seu trabalho de graduação, uma união entre a cultura do Oriente e do Ocidente para criar uma série de talheres feitos com pauzinhos de madeira e metal. O objetivo do projeto é variar, dentro da tradição de ambos, e para isso pinçou elementos das duas culturas.

A estrutura dos garfos tem como base o metal sintético, contudo seus dentes foram substituídos por bambu, matéria-prima super tradicional na Ásia. Aliás, a grande sacada do trabalho é que, ao invés de se apegar a roupas para retratar a disparidade entre os dois cantos do mundo, o designer preferiu traduzir tudo isso no modo de comer dos dois povos.

Os restaurantes de comida oriental estão cada vez mais populares no Ocidente, por isso, muitas pessoas não encontram dificuldades em manejar as “ferramentas”, contudo Wen Jing Lai alerta que a escolha dos talheres deve levar em conta o prato e a familiaridade de quem vai manejá-lo.

A coleção foi apresentada na Universidade de Kingston, acompanhadas por uma chaleira em forma de xícara para economizar água ao preparar café.

1

2

3

4

7

8

9

10

11

 

Compartilhe:


Prêmio Cosentino Design Challenge anunciou os vencedores

Dirigido aos estudantes de arquitetura e design, o prêmio “Cosentino Design Challenge” anunciou os vencedores de sua edição de 2014.  Com participantes de todo o mundo, o evento tem como intuito fomentar o talento dos estudantes, promovendo a investigação sobre diferentes abordagens conceituais em torno da configuração dos espaços, aos materiais e aos sistemas construtivos que os definem.

O júri foi formado por 12 instituições prestigiadas em todo o planeta, com destaque para o Istituto Europeo di Design, que fica na Itália, a Sociedade Americana de Designers de Interiores, dos Estados Unidos e a Escola de Arquitetura de Sevilha, na Espanha.

Os estudantes ficaram em dois grupos e no fim foram escolhidos três projetos de cada lado. O time de arquitetos teve como missão selecionar um edifício histórico no mundo e alterar sua utilidade principal para outra de sua preferência.  Já o pessoal do design fez uma reflexão acerca do assunto “Cosentino e a arte”, considerando a relação entre arte, espaço, o espectador e os produtos do Grupo.

Além da honraria de receber um prêmio dessa envergadura, os vencedores ainda levam para casa 1 mil euros.

Para ver a lista completa dos vencedores, acesse o site oficial do grupo:  www.cosentinodesignchallenge.org.

Detalhe da obra futurística de “DEKTON SPACE INVADERS”, de Samuel Gamez Garcia

“DEKTON SPACE INVADERS”, de Samuel Gamez Garcia

Os artistas tiveram liberdade de criação, como vemos em INMORTAL, de Roberto Garcia Rebolledo, vencedor na categoria design

INMORTAL, de Roberto Garcia Rebolledo

Policarpo del Canto Baquera trabalhou suas ideias em uma igreja. A obra foi batizada de “Arte Sacro vs Cosentino” e venceu na categoria de design

“ARTE SACRO VS COSENTINO” , Policarpo del Canto Baquera

 

 

 

Compartilhe:


will.i.am e Coca-Cola criam impressora 3D feita com garrafas pet

Conhecido por seu trabalho na banda norte-americana Black Eyed Peas, o músico will.i.am, que também é chefe criativo do escritório da companhia 3D Systems, produziu, ao lado da Coca-Cola, uma impressora 3D feita com garrafas recicláveis.

Batizado de Ekocycle (em tradução livre algo como eco-reciclável), a impressora tenta enraizar ainda mais a sustentabilidade entre as pessoas.

Excêntrico, will.i.am não poderia deixar de promover a música, uma de suas grandes paixões. Por isso, ele pensou em um sistema na impressora capaz de produzir, usando apenas três garrafas, acessórios para Iphone, Ipod e para notebooks.

A iniciativa nos prova mais uma vez a importância do design e da criatividade para um desenvolvimento sustentável e também na busca de alternativas para adaptarmos nosso estilo de vida as condições atuais do nosso planeta.

Aliás, para quem se interessou por essa novidade, vale dizer que todos os modelos já estão disponíveis nas cores cinza, vermelho, branco e preto, e à venda no site da Cubify.

Abaixo você confere um vídeo com mais detalhes da Ekocycle:

A iniciativa visa contribuir com a preservação do meio ambiente

O sistema de impressão da máquina foi construído com o uso de garrafas pe

Com apenas três garrafas reutilizáveis, é possível imprimir acessórios diversos

Compartilhe:


Com estrutura modificada helicóptero muda conceito de voar

Projetistas testam o coneceito de viagem no AW169

Projetistas testam o coneceito de viagem no AW169

Convidado pelo designer italiano Giulio Cappellini, o estúdio Giopato & Coombes de Milão, desenhou o interior do helicóptero anlgo-italiano da companhia AW169. Desde o começo a ideia era se diferenciar dos outros modelos e para isso foi necessário modificar completamente a estrutura da aeronave. O trabalho no bimotor comercial teve início com a reorganização das linhas de sombra arquitetônicas e das janelas e em seguida ele ganhou uma parede que combina iluminação em LED e nano-materiais, fundamentais para a redução de ruídos, o que garante a sua soneca e um voo mais tranquilo.

A ideia dos projetistas é criar um novo conceito de voo nos chamados helicópteros VIP. Este objetivo é atingido por meio de uma grande sacada, a substituição dos elementos que integram um helicóptero por móveis que fazem parte da estrutura de uma casa comum. Com isso, o passageiro tem a sensação de que está sentado em uma poltrona na sala de estar de sua casa e não voando, aliás, isso pode ser uma boa notícia para os que convivem com o medo de voar, já que a parte de dentro perde aquele aspecto clássico de aeronave com inúmeros botões e por aí vai.

A tecnologia e inovação são realmente as maiores marcas deste projeto. Por exemplo, as poltronas foram feitas usando como matéria-prima a fibra de carbono, os fones de ouvido são projetados exclusivamente para esta aeronave e a clássica preocupação com as bagagens balançando termina com o uso de airbags como proteção.

A seguir você confere um vídeo que mostra em detalhes o conceito desta experiência inovadora:

https://www.youtube.com/watch?v=ejd6E3JGJ9I

O interior do AW169 dá ao passageiro a sensação de estar na sala de estar da sua casa enquanto voa.

Esta ilustração dá uma ideia do que seria o voo a bordo da aeronave

Alguns dos materias usados para a produção e finalização

Compartilhe: