Campanas + A Lot Of

Milão 2015: Uma das pratas da casa do design brasileiro, a dupla de designers Irmãos Campana está lançando esta semana durante o Salão Internacional do Móvel de Milão a linha Estrela de móveis. Inspiradas nas bolachas-do-mar, elas são esculpidas em metal e recortes a laser em sua superfície reproduzem a forma lúdica e redonda da criatura marinha.

O processo de produção reúne a ideia do artesanal, tão presente no trabalho dos Irmãos Campana, e a alta tecnologia, pois uma solda robótica permite flexibilizar o metal a tal ponto que ele lembra uma folha de papel.

A linha, composta por um sofá, uma luminária, mesas de centro, poltronas e cadeiras, foi produzidas em parceria com a A Lot of Brasil. “A marca conseguiu traduzir o nosso universo de design dentro de uma coleção de móveis democrática e fascinante, utilizando técnicas refinadas para soldar aço e revesti-lo com pintura epóxi em cores brilhantes”, diz Fernando Campana. A estrela, reinterpretada e estilizada pela dupla, é multiplicada em diversas dimensões, criando uma textura única.

A parceria deu tão certo, que Pedro Franco, proprietário da A Lot Of, resolveu trocar o conceito do estande no Salone e pediu para os designers o repensarem. “Era imprescindível ter mais que um simples espaço para expor as peças. Fazia-se necessário ter um estande com toda a atmosfera ‘Campana’”, revela. Ele fica no pavilhão 20 e imprime o motivo do mobiliário em teto e paredes.

Cadeira Estrela

Cadeira Estrela

Poltrona Estrela

Poltrona Estrela

Mesinha Estrela

Mesinha Estrela

Sofá Estrela

Sofá Estrela

 

 

 

Compartilhe:


O carro sem motorista do Google

O Google Car promete ser a maior revolução da indústria automobilística por uma simples razão: comandado por computador, ele segue apenas pelas ruas com menos trânsito e, detalhe: sem motorista.

Esta semana, durante o Seminário de Tendências do portal WGSN, a companhia apresentou uma foto de como será o veículo: lúdico, pequeno e de linhas arredondadas, lembra até um mouse.

Sem tocar na direção, basta sentar-se nele e se deixar conduzir. A velocidade pode ser controlada por um computador de bordo, mas não passa de 40 km/h. A iniciativa é libertadora tanto para quem tem medo de dirigir como para pessoas com deficiência visual, por exemplo, que tendem a ganhar (muita) independência com ele.

Diversos testes já estão sendo feitos, inclusive com este protótipo, que, ao detectar a presença de pedestres próximos, por exemplo, para de andar. Isso acontece devido a uma combinação de tecnologias: mapeamento 3D, GPS e radar, que analisam e interpretam os arredores.

Por enquanto, a autonomia do Google Car é de 160 quilômetros e ele é abastecido eletricamente. Fica a nossa torcida para ele chegar logo ao mercado!

Google Car 1

Google Car 2

Compartilhe:


O prêmio “Objeto: Brasil”

Identidade Visual do Prêmio

Há 15 anos, a curadora Joyce Joppert Leal foi chamada para organizar uma mostra na Pinacoteca de São Paulo sobre os 500 anos do descobrimento do Brasil. Em seu processo de pesquisa, ela encontrou tanto material interessante sobre a história do nosso design que decidiu abrir a Associação Objeto Brasil. Com ela, sempre realizou exposições e apoiou premiações. “Até que percebi que não tínhamos aqui nenhum prêmio internacional. E decidi criar o prêmio ‘Objeto: Brasil’”, contou em entrevista ao Living Design.

A edição deste ano acaba de abrir as inscrições. “O design brasileiro já atingiu sua maturidade e por isso temos também inscrições de produtos internacionais, assim como nosso conselho de especialistas, que vêm do mundo todo. Isso vai ser muito estimulante para as nossas indústrias e empresas e também vai dar voz à nossa produção lá fora”, diz Joice.

Os produtos premiados participam de exposições pelo país e são levados de uma forma didática, para aproximar o design do consumidor em um ambiente que não o intimide, como pode acontecer em uma loja especializada. “Nossas exibições são em locais como o Conjunto Nacional, onde passam pessoas de diferentes camadas sociais”, completa a curadora que defende que a grande missão do designer é trazer felicidade. “Ao criar, os profissionais consideram materiais, ergonomia, saúde, meio-ambiente. Uma cadeira mal projetada, por exemplo, vai dar dor das costas. E tem ainda a questão visual: se você compra um sofá de que não gosta muito, vai passar uns vinte anos olhando para algo na sua sala que você detesta. Um produto bonito faz a gente feliz”, conclui.

A premiação deste ano acontece em 5 de novembro, em São Paulo, quando se comemora o Dia Nacional do Design. Até lá, será lançado um catálogo e estão previstas mostras, seminários e conferências com o tema. E os três melhores projetos, segundo o júri, serão inscritos em 3 grandes prêmios de Design de referência mundial: o Good Design (Japão),  o Red Dot (Alemanha) e o Compasso D’Oro (Itália).

Serviço:

Prêmio “Objeto: Brasil”

Inscrições até 5 de julho pelo site: premioobjetobrasil.com.br

 

 

Compartilhe:


Instalação interativa no MCB

Migramach

Alander Especie é escultor, designer e artista de instalações. Seu modo de produção, porém, é peculiar. Trata-se macramê, uma técnica tecelagem tradicional em que fios são trançados e, com eles, diz o artista, seu próprio caminho vai sendo tramado. Agora, ele criou o balanço Migramach, com cordas de poliéster, especialmente para o Museu da Casa Brasileira, em São Paulo.  “Minha inspiração foi o nome dado ao macramê originalmente pelos turcos no século13, quando faziam trabalho nos barrados das toalhas nos navios”, explica Alander.

A peça faz parte do ciclo de instalações interativas realizado desde o 2º semestre de 2013 no museu, em parceria com o BOOMSPDESIGN (Fórum Internacional de Arquitetura, Design e Arte). Já estiveram expostos balanços dos designers Tom Price, Sérgio Matos, Zanini de Zanine, Renata Moura, Carol Gay, Coletivo PAX.ARQ, Marcenaria Baraúna e Paulo Alves.

“O objetivo principal do meu trabalho é a relação sensorial do indivíduo; que ele possa interagir de forma direta com o objeto proposto e, a partir dessa experiência, experimentar sensações únicas e distintas”, explica Alander.

Sserviço:

Instalação Balanço Migramach, de Alander Especie

Local: Museu da Casa Brasileira – Av. Faria Lima, 2.705 – São Paulo

Data: Até 31 de maio de 2015

Horário: De terça a domingo, das 10h às 18h

Fone: 11 3032-3727

mcb.org.br

Compartilhe:


Um banheiro todo azul

A Fundação Bill & Melinda Gates, sem fins lucrativos, tem investigado formas de reinventar o banheiro, com o objetivo de melhorar as condições sanitárias de áreas de extrema pobreza, que abrigam aproximadamente 2,5 bilhões de pessoas no mundo. Então, ela realizou o concurso Designs of the Year  com este tema e o estúdio vencedor foi o austríaco EOOS. Quer saber qual foi a proposta deles?

“Projetamos um banheiro que funciona em qualquer lugar, das favelas do Kampala à casa de um milionário no campo”, explicou o designer Harald Gründl.

Em formato de L, é feito de plástico azul e tem 1,90 metro de altura. Ele consiste em uma bacia rasa na base e a “parede” do fundo alta para abrigar um reservatório de água e um sistema de circulação, além de uma pia e um chuveirinho.

Os usuários pisam sobre a base e agacham sobre a bacia. Por baixo dela, há um recipiente que separa os resíduos e tem capacidade para 20 litros de urina e 15 litros de fezes. Ele precisa ser esvaziado, em média, a cada três ou quatro dias. Assim que as fezes são coletadas, podem ser tratadas e usadas como fertilizantes.

Já a água que escorre da pia e do chuveirinho circula dentro do banheiro graças a um sistema embutido de filtragem. Ele oferece a água novamente limpa para o uso sem depender de fornecimento externo, o que será ideal em áreas mais carentes.

“Pela primeira vez será possível ‘fazer’ água limpa para higiene pessoal em regiões sem suprimentos próprios”, resumem os designers.

Ficou curioso para ver de perto? Pois um protótipo do Blue Diversion Toilet está em exposição no London Design Museum, na mostra “Designs of the Year”, que vai até 23 de agosto.

Blue Diversion Toilet 2

Blue Diversion Toilet 1

Blue Diversion Toilet 3

Blue Diversion Toilet 4

Blue Diversion Toilet 5

Blue Diversion Toilet 6

Compartilhe: